Sem categoria

Vem Com Tudo 2019

Este foi um ano difícil para me focar nos meus objectivos, sempre fui de fazer planos, criar expectativas e esperar que as coisas tomassem o rumo que eu queria, sem pensar muito no caminho, talvez porque tudo estivesse no seu lugar e a acontecer num ritmo que não me assustava. Sempre quis que o blog fosse algo mais do que simplesmente um cantinho na internet, é algo que me faz feliz, pela qual tenho uma paixão enorme e que me faz trabalhar o meu lado criativo o que por sua vez me faz sentir realizada. Mas nunca tracei um plano para chegar onde queria, dei desculpas para não fazer certas coisas, criei barreiras e desisti porque achei que sozinha não ia conseguir levar isto no rumo certo. Para 2019 não criei expectativas mas tenho o objectivo de ser consistente e organizada em tudo o que tem a ver com este meu lado. Chegar onde queremos tem que partir única e exclusivamente de nós mesmos, ter consciência que há obstáculos pelo caminho, da imprevisibilidade da vida, de que temos muitas das vezes de fazer escolhas. Dar o máximo, sem necessariamente criar algo perfeito ou esperar que tudo esteja a favor para que algo aconteça. Sermos mais reais e a realidade está longe de ser perfeita.

Mas 2018 não foi um ano apenas de derrotas, superei-me mil e uma vezes e cheguei ao fim a perceber que não foi só a vida que mudou, eu mudei com ela. Aprendi imensas coisas, fiz outras tantas pela primeira vez, tornei-me mais independente, mais confiante, mais próxima das pessoas, mais com os pés na terra, com mais vontade de mostrar quem sou realmente, de ser eu própria com todas as minhas particularidade. E todas estas mudanças fazem com que me sinta mais capaz de recomeçar tudo isto, de me reinventar, de não me desviar do meu caminho e de saber o que realmente quero e trabalhar até tudo estar como idealizo. Dizem que nada é por acaso, é tão verdade, quando tudo parece ter perdido o rumo, há um caminho novo à nossa espera para percorrer e novos objectivos para nos encherem, novamente, de razões para vivermos todas as experiências intensamente.

Mal posso esperar por viver este ano, com todas as coisas boas e más, com todos os contratempos e dissabores, com todas as gargalhadas altas e lágrimas de felicidade, com mais umas quantas aprendizagens. Sinto que o nosso crescimento passa muito por aí, por vivermos intensamente todos os momentos e não fugirmos ou fingirmos, sabermos colocar tudo na balança e nunca perdermos a essência. Não ter medo de demonstrar o que sentimos, de nos mostrarmos frágeis, de dizer alto o que pensamos e não nos perdermos de nós. Nem deixar de ser gratos por tudo, por mais simples e pequeno que nos pareça.

Um bom Ano,

Diana

 

You Might Also Like

Sem Comentários

Deixa um Comentário