CONTACTO

FEEDBACK

MODA

Como combinar diferentes estilos num look?

Combinar diferentes estilos num só look pode ser um processo bem divertido mas não é nada fácil conseguir um bom match! Não é algo que toda a gente queira arriscar fazer mas para quem quer experimentar um estilo novo e dar-lhe um toque pessoal, ou simplesmente para alguém que quer sair da sua zona de conforto e divertir-se com a moda é um desafio especial e que irá trabalhar e muito com a criatividade. Vamos aprender a construir um look com mix de estilos sem falhas?!

Para que a combinação não se torne uma verdadeira confusão logo à partida é importante definir que estilos vão conjugar, no máximo escolham dois estilos e posteriormente escolham unicamente uma peça que os represente, um vestido mais romântico com umas botas militares ou um blazer com um hoodie por exemplo. E depois complementar o look com peças mais simples que temos no armário e brincar com os acessórios. A paleta de cores é, também, um ponto a ter em conta para que tudo fique mais harmonioso e o contraste entre estilos tenha um maior destaque por isso escolham peças dentro da mesma paleta para que “falem” entre si. O objectivo  é criar uma fluidez entre os dois estilos.

Para quem é novo nestas andanças, tem um estilo bem definido, não está habituado a arriscar mas tem um evento mais especial e quer um outfit mais arrojado o mix de estilos é um óptimo truque e um bom ponto de partida para criar um conjunto que se destaque. Procurem começar pelos mais fáceis, como conjugar um fato com uma t’shirt e uns ténis, vestir um biker jacket com aquele vestido midi floral e um sapato mais elegante, coloquem aquela malha colorida com uns culottes mais clássicos. A chave é manter o equilíbrio, se o vosso estilo é mais clássico misturem uma peça mais sporty com as mais clássicas que já usam habitualmente ou vice-versa. É apenas um começo mas se lhe apanham o gosto tenho a certeza que não ficará por aqui.

Misturar estilos passou também a ser algo presente estação após estação, uma tendência que se reinventa todos os anos, que nos permite dar um toque pessoal a cada look e que nos oferece ainda uma lista infinita de opções de combinações. Aliar o conforto à elegância, o desportivo ao clássico, o romântico ao rockeiro. E a partir deste ponto de vista acredito que da próxima vez que olharem para o vosso armário o vejam de uma forma completamente diferente, que comecem a surgir combinações que nunca tinham pensado antes e que dêem até uma nova oportunidade a peças que já não usavam. Porque a moda também é experimentar coisas novas e misturar estilos e o mix de estilos é um bom twist para se reinventarem!

photos from here

MODA

Effortless Chic, o que é?

from: Pinterest

Se gostam de investir em peças intemporais, prezam pelo conforto e não se deixam levar pela maioria das tendências têm que conhecer o Effortless Chic, chic sem esforço traduzindo este conceito de estilo à letra, onde o menos é mais e a elegância e o conforto andam sempre de mãos dadas.

Este estilo está muito próximo do estilo mais minimalista e do parisiense mas há um ponto importante que o distingue dos demais, o effortless chic é um estilo tão elegante e intemporal que não vamos saber distinguir se a pessoa veste umas calças de uma marca de luxo ou de uma loja de fast fashion. E é esse o maior segredo, conjugar tão bem e vestir as peças com tanta confiança ao ponto de não deixar essa questão das marcas sobressair. Para isso claro que é importante ter em conta alguns factores quando vamos às compras:

  • definir um estilo e comprar dentro desses padrões;
  • comprar peças com um bom corte, bom fit, que valorizem o nosso corpo;
  • investir em peças intemporais/clássicas/versáteis (podem ler mais sobre isso neste artigo);
  • apostar numa paleta de cores mais neutra e em padrões clássicos;
  • ponderar sempre antes de comprar peças que sigam tendências demasiado assumidas;

E como vestir?! Há vários truques que podemos seguir, que nos irão não só facilitar na hora de criar as combinações como irão torná-las também muito mais elegantes sem esforço. E por falar em esforço, o Effortless Chic transmite exactamente essa sensação, que se está sempre elegante e arranjada sem esforço, sem ser esse o propósito. E a verdade é que apostando em peças confortáveis e que nos assentem bem é muito mais fácil transmitir uma imagem confiante e elegante. Para facilitar a criação dos outfit podemos usar, então, alguns truques como:

  • apostar em combinações por camadas misturando diferentes texturas como fazenda com ganga por exemplo;
  • regra das três cores, criando outfits tendo por base três tons que combinem entre si;
  • criar looks monocromáticos;
  • criar o look a partir de uma peça mais moderna, complementando com peças intemporais;

O segredo passa pela simplicidade e pela máxima do “less is more”, vestir peças clássicas com um bom fit e fazê-las sobressair com um toque moderno, por exemplo um acessório mais actual, uns sapatos coloridos ou uma t’shirt com um corte irreverente. Procurar inspiração e descobrir aquilo que realmente gostam são os primeiros passos a dar se quiserem apostar no Effortless Chic, podem levá-lo para o vosso armário e até para a vida em geral, porque “less is more” é um bom lema para muita coisa, certo?!

ARMÁRIO CAPSULA MODA

O que fazer às Roupas que já não queremos?

imagem: Pinterest

Estamos numa fase em que há tendências novas todas as semanas, a facilidade em comprar é muito maior graças ao online e, para além disso, as lojas de fast fashion têm cada vez mais opções e preços competitivos. Acabamos por comprar por impulso e usar uma única vez ou deixarmo-nos levar pelos saldos, por exemplo, e ter peças ainda com a etiqueta presas no armário. Somos uma geração muito apegada a bens materiais e caímos no erro  de ir acumulando sem saber exactamente o porquê. Acumular roupa é um dos maiores entraves à nossa criatividade e não tem nenhum ponto positivo, causa-nos stress e não nos permite ter uma noção exacta daquilo que realmente temos, tornando a decisão do que vestir muito mais difícil e demorada. Felizmente hoje temos inúmeras formas de nos livrarmos daquilo que já não queremos e Continuar a Ler

MODA

Como comprar nos saldos? | 5 Dicas

Imagem: Pinterest

A época dos saldos é uma época propícia a cometer excessos, a comprar por impulso e pela que nos deixamos facilmente levar pela emoção dos descontos. Muitas das vezes o que acontece é comprarmos imensas coisas apenas porque está em desconto e não porque as vamos utilizar realmente. Por isso em vez de nos lançarmos na loucura sem pensar duas vezes com medo que os melhores achados sumam devemos planear tudo com a mais antecedência e num ambiente mais calmo, sem grandes pressões. Desde que comecei o armário capsula que tenho comprado muito menos, isto porque penso muito mais antes de comprar, o mesmo acontece com os saldos, claro que vou espreitar as promoções, aliás são uma óptima oportunidade para trazer algumas peças que me estão a faltar no armário agora nesta transição de estação mas vou fazê-lo com mais consciência, pondo em prática tudo o que tenho aprendido com este projecto. Há alguns dias comecei a fazer uma lista daquilo que realmente sentia que faltava no meu armário e decidi que devia partilhar também convosco algumas das minhas dicas, dicas que eu própria segui e que me vão ajudar na ida aos saldos, sem trazer uma “Zara” às costas que irá ficar ali num canto durante meses porque a única coisa que valeu foi mesmo o desconto…

  • Conhecer o nosso armário, este é um ponto muito importante. Antes de se lançarem na corrida aos melhores achados conheçam o vosso armário, aquilo que têm e o que realmente faz sentido acrescentarem. Isto porque não vale a pena comprarem umas calças com ótimo desconto se já têm umas idênticas ou trazerem uma peça de um estilo ou mesmo padrão completamente diferente daquilo que têm no vosso armário mas que nunca vão conseguir conjugar com nada.
  • Listas! Fazer listas do que realmente queremos comprar, do que precisamos, do que procuramos. Tirar prints das peças exactas para nos cingirmos apenas a essas na hora de comprar. Assim vamos directas ao assunto sem termos que virar uma loja do avesso para encontrar “aquela” peça que procuramos e perdermo-nos noutras que não fazem qualquer sentido.
  • Comprar online. Para quem está mais à vontade com o online esta é a melhor opção na altura de saldos. É mais fácil de encontrar as peças nos nossos tamanhos e ter sorte de conseguir o melhor preço. Para além de que não estamos tão naquela azáfama dos saldos e, por isso, sentimo-nos menos pressionados a comprar e a tomar decisões sem pensar conscientemente. Para facilitar podemos ainda fazer uma wishlist antes de começarem os saldos e na hora de comprar é só aceder. Tempo ganho e compras bem pensadas!
  • Fazer a análise entre a qualidade da peça e o seu preço tal como entre o preço e o número de utilizações para percebermos se realmente iremos dar-lhe o uso que justifique a compra e se é uma peça que se irá manter no nossa armário por muito tempo. Devemos também fazer uma introspectiva e perceber quantas combinações conseguiremos fazer com essa peça e as outras que já existem no armário. Se imediatamente não surgir um conjunto, esqueçam! Essa não é uma compra inteligente, é só mais uma peça que vamos adiar vestir.
  • Apostar em peças intemporais e de maior qualidade. Sabem aquele trench coat que vocês namoram há imenso tempo mas o preço é pouco convidativo?! Sim, esta é a melhor altura para o trazerem, mesmo que façam 30º graus à sombra e vocês só lhe dêem uso na próxima estação. Comprar peças em saldo fora de estação é muito mais fácil porque a maioria das pessoas está só à procura daquele look que vai usar já amanhã. Comprem peças a pensar no vosso armário inteligente, peças em que o desconto vai efectivamente ser um amigo da vossa carteira, peças que no futuro vão manter-se tão actuais como no primeiro dia que as compraram.

Estas são as minhas cinco dicas para quem quer ir aos saldos e fazer umas boas compras, daquelas que não causam arrependimento logo no dia seguinte e que vão realmente fazer sentido no vosso armário. Façam uma lista, pensem bem antes de comprar e tenham espirito crítico. Conheçam o vosso armário, o vosso estilo e a vocês mesmas e só depois tragam aquela peça convosco. Olhem menos para o desconto em si e mais para a peça, perguntem a vocês próprias: “vou usar quantas vezes?”, “com o quê?”, “preciso?”, “tenho idêntico?”… A altura de saldos é a altura ideal para comprar aquela peça que já namoramos há imenso tempo mas que o preço nos deixa reticentes mas é preciso pensar antes de nos deixarmos levar pelo consumismo. Boas compras!

BELEZA

Quatro Águas Micelares de Supermercado Que Recomendo

Na minha rotina diária há vários produtos de beleza que não podem faltar por nada, um deles é sem dúvida a água micelar. Uso tanto na hora de deitar para me desmaquilhar como de manhã para refrescar a pele e prepará-la para receber todos os produtos, os de cuidado de rosto e os de maquilhagem. Depois deste passo sinto mesmo que a pele fica mais fresca, mais limpa e mais suave. Além do mais é um produto muito versátil: podemos usá-lo para desmaquilhar, para limpar em maior profundidade, para matificar quando sentimos a pele excessivamente oleosa ou simplesmente para a suavizar. Continuar a Ler

MODA

Os básicos Obrigatórios a ter no Armário | 5 Peças Intemporais

Podia falar de peças intemporais como uns stilletos nude ou uma camisa branca, até do little black dress mas decidi escolher cinco peças que são realmente indispensáveis no armário no dia a dia e em qualquer estação, as que sendo Inverno ou Verão continuam lá. Ou porque ficam sempre bem, porque se adaptam a qualquer situação ou porque simplesmente funcionam sempre que não sabemos o que vestir. Podem não ser as que fazem o look, as que cativam a atenção mas na maioria das vezes são os pilares, as que ajudam a construir e a tornar tudo mais harmonioso. E é só pôr tudo em prática para percebermos o porquê. Claro que conseguimos passar sem uma blusa estampada mas e sem uns jeans básicos? Torna-se difícil imaginarmos um mês ou até mesmo uma semana sem um básico como umas calças de ganga. São indispensáveis. Foi enquanto construía o meu armário capsula que me deparei com esta questão, “Quais serão as peças que me irão dar mais jeito nestes dois meses?”, foi então que Continuar a Ler

ARMÁRIO CAPSULA

Armário Capsula, o que é?

Quantas vezes depois de olharem para o vosso armário se sentiram perdidas e sem nada para vestir? Pois, isso não acontece quando têm um armário capsula. Num armário capsula todas as peças vão ser-vos especiais, vão combinar entre elas e vão logo saltar-vos à vista várias combinações, uma vez que todas elas foram escolhidas não de forma aleatória mas de uma forma bem pensada com o objectivo de serem funcionais e resultarem numa harmonia que traz imediatamente inspiração. Continuar a Ler